Tendências do Mercado Musical DEVO seguí-las?


Sem dúvida alguma, esta é uma dúvida que ronda o caminho do músico, mesmo se ele se intitula amador ou profissional. O mercado da música é embasado em “tendências” musicais, estilos mais procurados pela massa brasileira, letras comerciais (refrão chiclete), com melodia fácil de entender, arranjos simples e muita “polêmica” social nas letras das músicas, visual, cores, figurinos, o estilo “Funk Nacional” é um estilo em ascensão, é um mercado que gera milhões de reais a seus criadores. Pra isso, basta você observar que o canal no Youtube do Kondzilla, atingiu a marca de maior canal do Brasil.

MERCADO MUSICAL COMERCIAL

Evidente que este é um mercado comercial e que rende milhões de reais a muitos artistas, produtores musicais, empresários artísticos, produtor executivo, entre outros profissionais que se “encaixam” a esta cadeia produtiva da música. Mas isto é uma área da música, que seguem tudo o que mais “vende”, afinal, nenhum profissional do meio vive somente da arte. Ele precisa e necessita gerar “lucro” com esta cadeia produtiva. Mas já compartilho com o amigo leitor ou amiga leitora, de que esta não é a única forma de se “ganhar” dinheiro com música. Sim existem inúmeras formas de se viver de música, são centenas de profissões, mas isto é assunto para outro artigo.

MÚSICA ORIGINAL GERA CONEXÃO COM PÚBLICO

O foco agora é a originalidade, o meio “underground” da música, que tem muita gente fera, e que sabe exatamente o que quer e almeja da música como cadeia produtiva, trata-se de um mercado em ascensão, e a procura deriva diretamente da personalidade e do comportamento do ouvinte. Existem inúmeras plataformas, o “Spotify” é uma delas, que mensuram e analisam o comportamento de cada ouvinte.

MÉTRICAS E ESTRATÉGIAS PARA ENCONTRAR SEU PÚBLICO

Por meio destas ferramentas consegue-se “segmentar” um público por gostos musicais, e com o uso destas ferramentas você consegue traçar os seus caminhos relacionados a estilo musical, e atingir o seu público. No caso, o público que “realmente” aprecia a sua música. Sim, existe público para qualquer tipo de música, mas pra isso, você deve saber onde encontrar este público e para tal é fundamental o uso destas ferramentas. Por exemplo, o Youtube, tem o “analytics”, vamos falar sobre o “Like” nos vídeos. Se um determinado ouvinte clicou no “Like” significa que aquela música conseguiu o propósito de “conexão” com a pessoa que ouviu e assistiu ao seu áudio musical, ou vídeo musical. Se você inserir várias músicas no seu canal, por exemplo, por meio dos “Likes” você consegue “mensurar” qual música teve maior número de “Likes” e com isso, definir, qual estilo musical teve maior engajamento com a sua arte, com esta “métrica” você define qual estilo de música conecta mais com o público, e aí se você optar por isso claro, você pode seguir determinado estilo, e consegue “peneirar” o seu público. Sim, testar na música, é uma das estratégias de “segmentação” de público.

MERCADO DE LICENCIAMENTO MUSICAL FONTE DE RENDA

Eu mesmo, não me atenho a um único estilo, eu crio vários estilos, e esta estratégia tem fundamento relacionado ao mercado de “licenciamento” de músicas, se você pretende saber sobre o mercado de como você “licencia” a sua música já indico o curso do Vinicius Soares do Palco Digital, o nome do curso é “Sync Music”, a palavra “Sync” vem da parte de “sincronizar” sua música, com propagandas de TV, filmes, trilhas sonoras, eventos, vinhetas para rádios, apresentações teatrais, se você se interessou, é só clicar aqui! Garanto que você vai se surpreender com a vasta gama de possibilidades relacionada à “licença” musical.

VOCÊ PODE ESCOLHER O SEU CAMINHO NA MÚSICA

E é um mercado carente de profissionais no meio, e isto se deve a mentalidade da música, de que pra viver de música neste país, só show é que dão renda, e isto não é verdade. Com tudo isto, eu quero mostrar pra você caro leitor ou leitora, que não é necessário você se adaptar ao mercado, você pode escolher, qual mercado tem sintonia com a sua verdade. Veja o caso da Ana Vilella, ela não seguiu tendência alguma, inclusive, a produção do vídeo é super simples. E ai vem à pergunta: “- Por que ela conseguiu se destacar entre milhares de músicos?”.

MENSAGEM NA LETRA É O PONTO FORTE DE CONEXÃO

O ponto forte da música é a MENSAGEM, dizer algo que gere identificação com seu público, e ir direto as dores de milhares de pessoas, com isso, gera emoção e sintonia. Não deu outra, milhares de pessoas, começaram a compartilhar o vídeo, e o resto, você já sabe! Lembre-se a MENSAGEM continua sendo o ponto mais importante em que se cria conexão, e isto eu falo relacionado à música com vocal e letra. Mas existem músicas instrumentais que também conectam com o seu público, e neste âmbito entra o bom gosto do músico, sensibilidade, musicalidade, experiência, e qual propósito o músico deseja com aquela cadência de notas, acordes e progressões. Mas isto é tópico para outro artigo, forte abraço, excelente semana a você, familiares e amigos!

“Muita música em nossas vidas” – Aleksandre Ricardo


Quer descobrir como ganhar dinheiro com a sua música?

 

Aleksandre Ricardo Piedade

Quando Aleksandre Ricardo completou 08 anos de idade, ganhara de seus avós uma "flauta doce". De forma Intuitiva começou a dar seus primeiros passos no mundo fantástico da música. Desde então nunca mais abandonou, está paixão e terapia, e exteriorizar o seu dom. Com o passar dos anos se tornou um profissional da música, compositor e produtor musical. Atualmente Aleksandre Ricardo divulga o seu material no mundo, e também possui um canal no Youtube com orientações para todos os internautas, com propósito de educação e "consciência autoral". "Faço música para me sentir feliz, e não como fórmula para o sucesso" - Aleksandre Ricardo

Website: http://www.youtube.com/channel/UCgaTPST2Gy8CK16yNBZFB5Q

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *